Diário de mãe: 1º mês

assinatura_camilla

Espero que compreendam meu sumiço! Ufa! A função mãe requer 100% da nossa entrega e dedicação. Tive a ideia de tentar fazer um diário mês a mês, não só para guardar as lembranças para mim, como para compartilhar com outras mamães essa jornada cheia de descobertas.

diario_mamae_1_mes_bebe_pezinho

Escrevo esse post do celular, deitada numa rede enquanto meu pequeno repousa em meu colo, num sono tão gostoso que me deixa realizada. Pedro fez um mês no último dia 7 e confesso que foi o mês mais desafiador da minha vida. Graças a Deus quanto à amamentação, tudo perfeito! Não tivemos problemas com a pega perfeita e nem com a demanda de leite. Aliás, amamentar em livre demanda, que foi minha escolha, é muito difícil porém muito gratificante. Difícil pois exige de você a todo momento. Esse papo de 3/3h não existe pra um recém nascido. Ele é quem manda. Quando e como quiser. E é nesse rojão que seu corpo grita. Nem sempre dá pra descansar entre uma mamada e outra. Você escolhe: tomo banho? Como? Faço algo? E quando menos se espera o bebê já chama. É preciso muito apoio físico e emocional para não desistir.

Quando ele completou 15 dias, as temidas cólicas chegaram. E aí tudo mudou! Acredito que o som do choro de dor de um bebê é, sem dúvidas, o som mais ensurdecedor da terra, e o som mais desesperador para os pais. Eu choro junto. É muito difícil! Tentamos tooooodas as possibilidades, todas as posições de conforto, ofurô, compressa, barriga com barriga, funchicória, funchicalm, flagass e agora estamos no colikids, que é um probiótico que ajuda a amadurecer a flora intestinal do bebê. Claro que fizemos tudo isso sob a orientação da pediatra, e estamos acompanhando. Mudei toda a minha alimentação e, mesmo assim, ele segue tendo cólicas. Me apego ao que dizem: quando passar três meses vai melhorar! E assim vamos vivendo…

O bebê:

Ele é lindo e apaixonante! Cuidar e amar esse pedacinho seu a cada dia é a melhor parte de ser mãe. Me sinto tão realizada por ele. Agora, com quase um mês e meio, Pedro já acompanha objetos com o olhar e solta sorrisos lindos! O parto normal foi maravilhoso e em breve conto aqui em relato como tudo aconteceu. Ah, em um mês Pedro cresceu mais que a curva: 11cm e quase 2kg. Está com 53cm e 4,5kg. Só no leite materno! Vitória!

Eu mamãe:

Eu choro de medo, de insegurança. No começo bem mais que agora. Eles não têm manual de instrução, mas o instinto te ensina a agir. E assim a gente vai aprendendo. Mas a felicidade é grande quando olho o desenvolvimento dele.

Eu mulher:

Não sei se acontece com todas, mas me sinto um pouco mal ao perder o controle de muita coisa. Eu tinha tudo controlado na vida e agora não tenho mais nada. Eu amo rotina e isso não me pertence mais. Isso me abalou muito. Também me sinto exausta e sem coragem de me arrumar. Só busco coisas confortáveis e fáceis de usar pra facilitar a amamentação. Mas acho que aos poucos uma rotina vai se estabelecer.

No mais, o primeiro mês é difícil, mas passou. Agora estamos encarando novas etapas. O papai me ajuda em tudo, tem se saído melhor que a encomenda! É duro lidar com as críticas mascaradas de “ajuda”. É duro a intromissão das pessoas sem ao menos perguntar se você aceita tal coisa. Eu sofri um bocado e ainda sofro. E isso vem de todos os lugares, principalmente de onde menos se espera. Ainda vou arrumar tempo pra falar melhor sobre isso aqui.

No mais, obrigada por toda torcida! Meu filho é saudável e eu agradeço a Deus por isso! Tentarei ao máximo fazer o diário mês a mês! 🙂

Um super beijo!

Se você gostou do post, compartilhe em suas redes sociais:

6 Comments on Diário de mãe: 1º mês

  1. Camilla, que coisa linda! Fico feliz em ver que você está dando conta de tudo com tanto carinho e dedicação. E mais feliz ainda por o parto ter sido normal. Uma inspiração! Meu sonho! Doida pra ver o post sobre o parto. Bjs e muita força nessa caminhada 🙂

  2. Parabéééns Camilla por todos os cuidados com seu bebê e ainda pela paciência de fazer esse relato mês a mês! Vou ficar acompanhando por aqui e desde já, desejo muita sabedoria, paz, saúde e tudo de melhor na sua jornada de mãe! Beijo!!!

  3. Amo ler textos escritos por você, parece que vivemos juntos cada emoção.
    Fico imensamente feliz por saber que tudo está se saindo conforme o que você planejou… Não sou mãe, mas me emociono quando vejo minhas amigas passarem por essa grande experiência e sinto vontade em viver momentos como este, no futuro.
    Beijos Mila, estamos devendo a visita… Mas iremos!

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


UA-36669984-1