Dicas para arrumar as malas de viagem depois das compras

assinatura_thais

Sabe aquele aperto que todos nós passamos ao arrumar as malas na volta pra casa? Parece que não só a gente entra de férias e ganha uns quilinhos, nossas malas também ganham vários quilos extras depois de algumas ou várias comprinhas de viagem. É quase impossível voltar pra casa sem trazer alguma coisa, principalmente se o destino for algum lugar dos Estados Unidos, país do consumismo. hahahaha

arrumando_mala

Quem nunca sentou em uma mala pra fechá-la que atire a primeira pedra. kkkkk Então, depois de algumas viagens e váááárias malas arrumadas (acreditem, já estou profissional em fazer milagres com malas 😛 ), decidi reunir num post algumas dicas que sempre são úteis pra mim. Olha só:

Primeiramente tire todas as sacolas, embalagens, etiquetas e qualquer coisa que faça volume em tudo que você comprou. É um trabalho chato, principalmente se você comprou muita coisa, mas é totalmente necessário para ocupar menos espaço nas malas e pesar menos no final. Acreditem, isso faz uma boa diferença no final.

Pra começar a arrumar uma mala, não adianta ir jogando as coisas sem ter noção de tudo que você vai precisar colocar lá dentro. Então separe tudo que irá pra aquela mala, seja em cima de uma cama ou de uma mesa, tenha ideia do que precisa caber na mala e só depois vá encaixando tudo dentro dela.

Forre o fundo da mala com roupas e vá encaixando os itens maiores em cima. Caixas devem ir em uma área plana da mala, assim ocupam menos espaços. Caso não haja essa área plana, preencha alguma parte com roupas e deixe o mais plano possível, só depois coloque a caixa em cima.

Itens menores devem ser encaixados dentro de itens maiores. Potes vazios como copos ou mamadeiras podem ser preenchidos com roupas pequenas ou outros potes menores. Sapatos que não podem amassar podem ser preenchidos com roupas ou produtos menores. Bolsas que não amassa por ter sua estrutura rígida demais devem receber roupas finas e/ou pequenas, de modo que preencha bem o espaço vazio dentro dela. Já que ela irá ocupar uma parte da mala, melhor preencher esse espaço com alguma coisa.

Por falar nisso, roupas sempre são úteis para preencher qualquer espaço vazio na mala, inclusive os que ficam entre um item e outro. Você também pode usá-las para proteger itens que possam quebrar. Por isso, vá colocando as roupas aos poucos, de forma estratégica.

Ter malas leves é fundamental para ganhar alguns quilinhos a mais na hora de arrumar a mala. Qual a mala perfeita? A que encaixar na equação: preço que cabe no seu bolso, peso mais leve possível e tamanho adequado para caber suas coisas. Agora prestem atenção porque nem sempre malas grandes significam mais espaço pra guardar muita coisa. Lembrem-se do limite de peso que a sua companhia exige para o seu voo.

Por último, e não menos importante, tenha uma balança para pesar malas e evite pagar excesso ou ter que tirar coisas das malas no meio do aeroporto. Se a preocupação com o limite de espaço e peso forem uma constante na sua viagem, vale ir jogando todas as compras na mala e ir pesando pra se ter uma ideia. Mas, pra ganhar espaço, como falei no começo do post, nada melhor do que guardar tudo que irá pra mala de uma única vez.

Espero que essas dicas sejam úteis pra vocês. Caso vocês tenham mais dicas, compartilhem conosco nos comentários. Vou adorar ler tudo. 😀

Ah, e se você está viajando pra fazer o enxoval do seu bebê, contamos nesse vídeo como levamos para o Brasil um carrinho de bebê e um bebê conforto dentro das malas. 😀

Beijos!

Se você gostou do post, compartilhe em suas redes sociais:

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


UA-36669984-1